All for Joomla All for Webmasters

Combatendo a corrupção monetária no planeta: ferramentas para "seguir o dinheiro"

visA Escola de Dados está na Global Investigative Journalism Conference 2013 (#GIJC13). O evento reúne mais de 1200 profissionais da área entre os dias 12 e 15 de outubro, no Rio de Janeiro. Estamos no terceiro dia e separamos algumas sessões em que estivemos presentes. Este post fala de: Investigating International Business: Sources and Documents, que ocorreu no sábado de manhã.

Marty Steffens, da Universidade de Missouri (EUA) e Paul Radu, do Organized Crime and Corruption Reporting Project (Romênia) mostraram para uma sala lotada como os jornalistas podem iniciar uma investigação sobre crimes financeiros que vão além das fronteiras dos países. “Normalmente grandes crimes que envolvem redes complexas em vários países”, disse Radu.

Marty apresentou uma lista de sites que podem servir de ponto de partida para reportagens sobre corrupção e crimes financeiros. Bases como as do Fundo Monetário Internacional, da Rede de Combate aos Crimes Financeiros e da Organização Marítima Internacional ajudam a identificar a cruzar informações sobre movimentações de cargas e recursos.

Há também como procurar por bases que não existem na internet “visível”, acessada pelos buscadores comuns, como Google e Yahoo. Os sites Complete Planet e DocuTicker disponibilizam tabelas e documentos produzidos por governos (principalmente nos EUA e na Europa, mas ela garante que há de outros também), mas que não são acessáveis facilmente.

Paul apresentou duas ferramentas que auxiliam jornalistas expor ligações ilícitas que vão além das fronteiras dos países. A primeira é o Investigative Dashboard. Com ela é possível procurar por pessoas ou empresas em bases de dados capturadas automaticamente pelo serviço. Se você não encontrar o que procura, o site oferece outras bases recomendadas. Se você não encontrar de jeito nenhum há também a opção de pedir ajuda a especialistas ligados ao serviço.

A segunda ferramenta que Paul apresentou se chama Visual Investigative Scenarios (VIS), uma plataforma desenvolvida para ajudar jornalistas e ativistas a mapear redes complexas de negócios ou crimes. O VIS oferece visualizações em HTML5 customizáveis e você não precisa saber programar para usá-lo. Tudo acontece dentro do navegador por meio de cliques. As visualizações pode ser exportadas para uso online, em mídia impressa ou na televisão.

Posts relacionados

Deixe um comentário