All for Joomla All for Webmasters

Guia de Geojornalismo ensina como utilizar dados ambientais e técnicas de mapeamento em reportagens

O site ((o))Eco lançou um guia de geojornalismo online e gratuito. A publicação funciona como um manual de tecnologias de mapeamento e visualização e explica dados ambientais, tais como imagens de satélite. Para os mais interessados, o guia também mostra como construir seu próprio balão para fazer fotos aéreas.

Criado em parceria com o ICFJ, Flag It Project e a Earth Journalism Network da Internews, o guia é parte da bolsa do programa Knight International Journalism Fellowship recebida pelo jornalista ambiental e treinador de mídia especializado em jornalismo de dados Gustavo Faleiros. O manual online também integra o portfólio do Laboratório de Inovação em Jornalismo Ambiental (Ecolab), uma equipe multidisciplinar que trabalha para criar aplicativos úteis para a cobertura ambiental.

O projeto começou com um grupo de jornalistas ambientais inspirados pelo movimento revigorante do jornalismo de dados que percebeu a oportunidade de usar dados geográficos e utilizar princípios de design e de visualização de dados para atrair novamente o interesse do público na pauta sobre meio ambiente. A intenção é aumentar o número de profissionais do jornalismo familiarizados com dados geográficos e capazes de coordenar iniciativas de visualizações interativas.

“O geojornalismo pode ser considerado um ramo do jornalismo de dados. Esse ramo se concentra mais sobre os dados gerados por sensores e satélites. O geojornalismo também pode ser uma maneira de abordar um tema aplicando métodos geográficos como uma forma eficaz de colocar questões de grande escala em contexto”, explicou Faleiros em texto publicado no site IJNet.

No lançamento, o Guia de Geojornalismo oferece 11 cursos, com diferentes níveis de dificuldade. O manual orienta o jornalista em todo o processo de criação de histórias ambientais com dados desde a obtenção das informações necessárias até a edição de uma reportagem. O conteúdo inclui temas como dados, alimentação coletiva de informações (crowdsourcing), mapas, design e visualização. Para usar o guia, basta acessar o endereço geojournalism.oeco.org.br.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.