Segurança digital e alternativas às big techs

SOBRE O WORKSHOP

O ambiente digital que tem como premissa um modelo baseado na vigilância informacional que tem implicações sérias quando os dados em questão são referentes a jornalistas, ativistas, indígenas ou qualquer outro grupo que encontre-se em situação de embate com interesses de Estado ou de corporações que atuam globalmente nos territórios. Mesmo organizações com mais acesso a recursos e informações encontram-se imersas em um processo de alienação técnica generalizada. Esta atividade se propõe a apresentar alternativas livres ao modelo que nos é imposto além de técnicas de segurança de dados.

QUANDO?

27/07 (quarta-feira), às 11:00h

ONDE?

Sala 2 – Rio Tocantins

NÍVEL

Básico

DURAÇÃO

2h

Pré-requisitos da atividade

Recomendamos que as pessoas participantes tragam um notebook para acompanhar a atividade.

luizsanches

Luiz Sanches

Graduado em Sistemas de Informação pelo IESAM (Belém-PA) e pós-graduado em Gestão Ágil de Projetos pelo CESAR (Recife-PE). Trabalha com desenvolvimento de software há mais de 25 anos, atuando nos setores público e privado. Professor universitário e consultor em desenvolvimento e operações de software com ferramentas livres. Participou de várias comunidades de TI em Belém do Pará, entre elas o Tá safo!, promovendo eventos, palestras e cursos pela região Norte do Brasil. Organizou caravanas e palestrou no FISL (Fórum Internacional de Software Livre) em Porto Alegre-RS.

marcelosa

Marcelo Sá

Engenheiro, doutorando em ciência da computacao, especialista em: processo de software, segurança e forense computacional, software livre e gestão de TIC.

REALIZAÇÃO

CORREALIZAÇÃO

PATROCÍNIO

APOIO