Mobilizando bancos de casos para enfrentar a discriminação algorítmica

SOBRE O WORKSHOP

Como construir propostas de enfrentamento à discriminação algorítmica baseadas em dados para regulação e políticas públicas em torno da IA? A oficina pretende trabalhar sobre bancos de dados de casos e danos algorítmicos disponíveis publicamente, a fim de traçar estratégias sobre como utilizar essas informações para mobilizar pautas contra essa forma de discriminação.

 

NÍVEL

Básico.

PRÉ-REQUISITOS

Não há pré-requisitos.

fernanda-rodrigues

Fernanda Rodrigues

Doutoranda em Direito na Universidade Federal de Minas Gerais, na área de estudo Direito, Tecnociências e Interdisciplinaridade. Mestre em Direito pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), na linha de pesquisa Direitos na Sociedade em Rede. Bolsista do Programa Líderes LACNIC 2023 e Policy Shapers 2024. Coordenadora de Pesquisa e Pesquisadora no Instituto de Referência em Internet e Sociedade, com foco para a área de regulação de plataformas e regulação de IA.

REALIZAÇÃO

CORREALIZAÇÃO

PATROCÍNIO

ORGANIZAÇÕES PARCEIRAS

APOIO

Nosso conteúdo está disponível sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, e pode ser compartilhado e reutilizado para trabalhos derivados, desde que citada a fonte.