WhatsApp, racismo religioso e dados da Amazônia são temas de webinars exclusivos

Em maio, veremos como encontrar conteúdo relevante em grupos do WhatsApp; em junho, dados sobre racismo religioso e um debate sobre a sua produção; e, em julho, os bastidores de um projeto sobre dados de conflitos na Amazônia Legal.

Temos data e hora marcada para os três próximos webinars de nosso programa de membresia. Nessas conversas, participantes têm a oportunidade de interagir ao vivo com as pessoas convidadas para tirar suas dúvidas e iniciar debates sobre os tópicos abordados. Em maio, veremos como encontrar conteúdo relevante em grupos do WhatsApp; em junho, dados sobre racismo religioso e um debate sobre a sua produção; e, em julho, os bastidores de um projeto sobre dados de conflitos na Amazônia Legal.

Mas os webinars são só para participantes do programa? Não, apenas a parte interativa. As pessoas participantes do programa de membresia receberão por email o link para participar ao vivo e, após a realização da atividade, a gravação dos vídeos é disponibilizada para o restante do público em nosso canal do YouTube e nesta página.

Qualichat: conhecendo o projeto
Diante de mil mensagens trocadas em um grupo baseado em mídias, como você encontra conteúdo relevante? O webinar de maio será sobre o Qualichat, um projeto sem fins lucrativos que fornece uma ferramenta de etnografia linguística de código aberto para enquadrar a opinião pública em grupos em português para a comunidade acadêmica.
Fernando Nobre Cavalcante é cientista da mídia, etnógrafo e pesquisador colaborador da UNICAMP (IEL/2020-2022).
Quando? 31/05, às 19h

Dados e racismo religioso
O data_labe realizou um pedido aos 27 estados brasileiros dos dados sobre intolerância religiosa. Nesse webinar, você irá compreender como fazer uma força tarefa de pedidos via LAI, e entenderá sobre os scripts de análise e visualização dos poucos dados coletados sobre esse crime no Brasil. Debateremos como a ausência de ações de políticas públicas já estabelecidas vulnerabilizam a investigação pela sociedade civil. E, ainda: será que existem interesses políticos motivadores para essa negligência?
Polinho é coordenador de dados no data_labe e mestre em Epidemiologia e Ciência de Dados
Quando? 21/06 às 19h

A Pública em dados e o ‘Mapa dos Conflitos’
No ‘Mapa dos Conflitos‘, plataforma interativa da Agência Pública, é possível navegar pela Amazônia Legal (região enorme que junta 9 estados do Brasil – 61% do nosso território) para consultar os conflitos registrados em cada município pertencente à região na última década. No webinar, você descobrirá mais sobre a metodologia do projeto, o tratamento dos dados, mapas e visualizações, além dos softwares utilizados e outros trabalhos de jornalismo de dados da Pública.
Bruno Fonseca é mestre pela Universidade Federal de Minas Gerais e repórter multimídia na Agência Pública.
Bianca Muniz é jornalista de dados na Agência Pública e estudante na Universidade de São Paulo.
Quando? 19/07 às 17h

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.