Python para inovação cívica: primeiros passos na prática

  • Duração 27h 30m
  • Última atualização 11 de setembro de 2021

Descrição

O curso irá fornecer uma introdução à programação com a linguagem Python aplicada a projetos reais envolvendo dados e inovação cívica, com impacto social. A formação é resultado de uma colaboração entre a Escola de Dados – programa educacional da Open Knowledge Brasil (OKBR) – e o eixo de Inovação Cívica da OKBR, responsável por iniciativas como a Operação Serenata de Amor e o Querido Diário.

O curso foi iniciado 02/08 e seguem até 11/09. Todas atividades ao vivo ficam gravadas e disponíveis para consulta na plataforma.

Neste curso, além de aprender a analisar e a “raspar” dados usando Python, as pessoas participantes vão descobrir como funcionam projetos de inovação cívica reais e como elas podem colaborar com o ecossistema de softwares de código aberto, realizando desafios práticos com dados abertos brasileiros.

Todos os recursos obtidos com as inscrições serão utilizados para pagamento da equipe e investimento nas ações de Inovação Cívica realizadas pela Open Knowledge Brasil.

INSCRIÇÕES

O valor do curso é R$300. Participantes do nosso programa de membresia possuem 20% de desconto nesta e outras atividades da Escola de Dados. Embaixadoras e embaixadores da OKBR também têm direito a 20% de desconto nesta atividade.

As inscrições para bolsas gratuitas para públicos minoritários encerraram. As pessoas selecionadas receberam um e-mail com instruções de matrícula no dia 28/07.

Caso tenha interesse em contratar a formação para um grupo de pessoas, entre em contato via [email protected]. Aceitamos pagamento por nota de empenho e fornecemos toda a documentação necessária para contratação por órgão público.

APOIO

O curso tem apoio do Jusbrasil, que irá oferecer 100 bolsas integrais para pessoas trans, pessoas negras, mulheres e representantes da comunidade LGBTQIA+. A atividade também conta com o apoio da Python Software Foundation.

A chamada pública para as bolsas oferecidas pelo Jusbrasil foi aberta de 28/06 a 16/07. O resultado foi comunicado no dia 28/07, por e-mail, a todas as pessoas que se candidatarem.

CARGA HORÁRIA

Total de 27h30 de aulas, sendo 20h30 ao vivo com instrutores, para orientação e realização de exercícios, e 7 horas de aulas em vídeo.

ATIVIDADES

O curso é dividido em módulos semanais e a interação se dará por meio dos seguintes modos:

  • Aulas ao vivo: aulas ao vivo no Zoom de 1h30, com a equipe de instrutores principais para consolidação dos conteúdos da semana e esclarecimentos. As aulas ocorrerão conforme o calendário abaixo e serão disponibilizadas na plataforma para acesso posterior;
  • Exercícios ao vivo: sessões semanais de 1h30, no Zoom, para colocar a mão na massa com atividades práticas, auxiliar a resolução de exercícios e fornecer orientações sobre dúvidas e projetos individuais;
  • Vídeo-aulas: aulas exclusivas com profissionais e especialistas, em vídeos de aproximadamente 7 minutos cada, totalizando 1 hora semanal, em média. Os vídeos são liberados semanalmente.
  • Coding Dojo: No encerramento haverá uma atividade interativa durante 4h para resolução em grupo de um desafio usando as habilidades aprendidas no curso.
  • Plataformas online: a equipe do curso estará disponível para orientação e resolução de dúvidas sobre o conteúdo das aulas a qualquer momento, por meio de um chat online.

AULAS E ATIVIDADES AO VIVO

O curso Python para inovação cívica: primeiros passos na prática apresenta, além dos vídeos gravados, dois momentos de atividades ao vivo: aulas e exercícios. Utilizaremos os seguintes softwares no curso: Visual Studio Code, Jupyter Notebook, Google Colab, Git, Github, Python.

As aulas ao vivo ocorrerão uma vez por semana*: sempre nas terças-feiras, às 18 horas, e terão 1h30 hora de duração. Nessa ocasião, os professores irão aprofundar tópicos desenvolvidos em seu módulo de atuação e tirar dúvidas dos alunos. 

Os exercícios ao vivo também ocorrerão uma vez por semana: nas quintas-feiras, às 18 horas, e terão uma 1h30 de duração. Trata-se de um momento para praticar as habilidades práticas e conhecimentos desenvolvidos em cada módulo. 

Após a sua realização, todas as aulas e os exercícios ao vivo serão gravados e disponibilizados na plataforma.

* No módulo 3, por conta do feriado, só teremos uma aula ao vivo na semana, encerrando com a atividade de Coding Dojo no sábado.

CALENDÁRIO

O fuso horário adotado é o horário de Brasília

02/08 – Aula inaugural aberta, transmitida ao vivo às 19h em nosso canal do YouTube
03/08 – 18h às 19h30 – Aula ao vivo do Módulo 0
05/08 – 18h às 19h30 – Exercícios ao vivo do Módulo 0

09/08 – Início da Semana 1
10/08 – 18h às 19h30 – Aula ao vivo do Módulo 1
12/08 – 18h às 19h30 – Exercícios ao vivo do Módulo 1

16/08 – Início da Semana 2
17/08 – 18h às 19h30 – Aula ao vivo do Módulo 1
19/08 – 18h às 19h30 – Exercícios ao vivo do Módulo 1


23/08 – Início da Semana 3
24/08 – 18h às 19h30 – Aula ao vivo do Módulo 2
26/08 – 18h às 19h30 – Exercícios ao vivo do Módulo 2

30/08 – Início da Semana 4
31/08 – 18h às 19h30 – Aula ao vivo do Módulo 2
02/09 – 18h às 19h30 – Exercícios ao vivo do Módulo 2

06/09 – Início da Semana 5
09/09 – 18h às 19h30 – Exercícios ao vivo do Módulo 3
11/09 – 14h às 18h – Coding Dojo e encerramento do curso

INSTRUTORES

Ana Cecília Vieira – Gestora do Portal de Dados Abertos da Universidade Federal de Pernambuco, estudante de pós-graduação em Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina. Membra do Conselho da PyLadies Global.

Gabriela Cavalcanti –Engenheira de Software na Stone, desenvolvedora em Python e apaixonada por projetos de impacto social. Fundadora da PyLadies no Brasil.

Giulio Carvalho – Coordenador do programa de Ciência de Dados para Inovação Cívica da OKBR, especialista em raspagem de dados e colaborador do projeto Querido Diário.

Lidiane Monteiro – Fundadora da InspirAda na Computação, desenvolvedora de software na Urbano Vitalino Advogados e graduanda em Licenciatura em Computação. Participou da fundação do Women Who Code – Recife e da PyLadies Recife.

INSTRUTORES DE APOIO

Adriano Belisario – Coordenador da Escola de Dados e jornalista. Há mais de 10 anos pesquisa e desenvolve projetos na área de tecnologias abertas e mídia. Desde 2012, trabalha com investigações baseadas em dados e hoje é pesquisador associado do Medialab/UFRJ, onde desenvolve investigações e produção de evidência baseadas em fontes abertas (OSINT), além de atuar com jornalismo investigativo baseado em dados, tendo colaborado com veículos, como a Agência Pública, onde foi editor do projeto de checagem de fatos Truco, e o The Intercept Brasil.

Anicely Santos – Formada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, trabalhou durante 3 anos na Prefeitura do Ipojuca como analista de dados no programa Mãe Coruja, considerado um dos programas de referência na área materno-infantil reconhecido e premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização dos Estados Americanos (OEA) como modelo de Gestão de Política Pública.

CERTIFICAÇÃO

Serão realizadas avaliações semanais, por meio de quizzes disponíveis em cada módulo. As pessoas que obtiverem pelo menos 70% de acerto em todas avaliações receberão o certificado de participação no curso.

As avaliações precisam ser preenchidas até 06/10. Os certificados de conclusão de curso serão emitidos no dia 07/10. Instituições públicas que contratarem o curso podem solicitar o envio dos certificados em outra data, a ser acordada entre ambas as partes.

POLÍTICA DE REEMBOLSO

A Escola de Dados garante o reembolso integral do valor pago, caso a solicitação seja formalizada por e-mail ([email protected]) até 7 dias após a data de liberação de acesso ao curso. Passado esse período, não serão feitos reembolsos.

O que vou aprender?

  • Construir um raspador web simples, para coletar dados públicos, e compartilhar o código desse programa com outras pessoas;
  • Realizar análises de dados básicas usando Python;
  • Reconhecer iniciativas e oportunidades de usar programação aplicada a projetos com impacto social;
  • Compreender o funcionamento geral de projetos de inovação cívica com tecnologias abertas e formas de colaboração online;
  • Compreender os princípios por trás do uso de algoritmos de inteligência artificial em projetos de inovação cívica;

Tópicos deste curso

68 Aulas27h 30m

Introdução ao curso?

Informações básicas e instruções gerais.
Aula inaugural01:22:59
Ferramentas e plataformas do curso

Semana 0: Olá, Mundo! Primeiros passos na programação?

Apresentação do curso, contato com a área de inovação cívica e tecnologias abertas e conhecimento de projetos como a Operação Serenata de Amor e o Querido Diário. Além de conhecimentos sobre ambiente de desenvolvimento e introdução as ferramentas que serão utilizadas.

Semana 1: Introdução ao Python e análise descritiva?

Aqui começaremos a programar usando a linguagem Python e biblioteca Pandas, que facilita o trabalho com análise de dados.

Semana 2: Estatística descritiva e pré-processamento?

Somado aos conhecimentos da semana anterior, iremos também resolver diversos desafios envolvendo dados do Tribunal Superior Eleitoral e análises do Perfil Político.

Semana 3: Análise exploratória dos dados?

Continuaremos usando Pandas por meio de exercícios práticos com dados públicos coletados no projeto Serenata de Amor, além de descobrir como a inteligência artificial pode ser aplicada em projetos reais com impacto social.

Semana 4: Cruzando e compartilhando dados?

Somado aos conhecimentos anteriores, exploraremos novas possibilidades a partir do cruzamento de dados.

Semana 5: Querido Diário, vou aprender a raspar dados!?

Aqui o objetivo é entender como os dados estão estruturados na web e como esses dados podem ser raspados, conhecer o projeto Querido Diário e aplicar os aprendizados do módulo de maneira prática.
R$300,00

Materiais inclusos

  • Aulas ao vivo
  • Vídeo-aulas
  • Chat

Requisitos

  • Conforto com a leitura de textos em inglês (para consulta à documentação da ferramenta) e familiaridade com o uso de computadores e da internet. Todo material do curso e as aulas serão oferecidas em português.

Público-alvo

  • Pessoas interessadas em aprender programação e análise de dados;
  • Programadores iniciantes que querem descobrir o universo da colaboração open source;
  • Estudantes e pesquisadores acadêmicos;